Mato Grosso inclui tecnologia blockchain e planeja reforma digital no estado

Lachesia Inagolor
By Lachesia Inagolor 5 Min Read
5 Min Read

O Governo de Mauro Mendes, no Mato Grosso, divulgou os planos de sua agenda de estratégia digital para o período de 2023 a 2027, que inclui a tecnologia blockchain e inteligência artificial.

Por meio do Decreto nº 338/2023, publicado na última terça-feira (20), o governador deixou claro que busca tornar seu estado mais eficiente.

O Sistema de Governança Digital do estado que definirá os próximos passos para que um dos estados do Centro-Oeste do Brasil modernize sua estrutura.

Agenda de desenvolvimento do Mato Grosso inclui a tecnologia blockchain

Nos últimos anos o Governo Federal reconheceu a tecnologia blockchain como uma das mais importantes na gestão de dados.

E agora o Mato Grosso se tornou mais um a reconhecer o potencial da tecnologia para evolução de sua infraestrutura.

Assim, com o novo decreto editado na última terça, o governo mato-grossense decidiu melhor a acessibilidade da Plataforma de Governo Digital para o cidadão, tornando os serviços melhores e mais seguros.

Com isso, uma solução blockchain deve chegar até no máximo 2025, mostrando que o estado busca acelerar sua adoção a novidade.

“Implementar solução tecnológica de blockchain para uso nos serviços públicos digitais do Poder Executivo estadual, até 2025.”

O decreto não especifica qual blockchain o Mato Grosso pretende utilizar até 2025, mas deixa claro que uma solução deve chegar em breve.

A nova plataforma deverá ter uma ampla conexão em nuvem, além de integração com IoT, entre outras tecnologias mais.

Vale lembrar que em seu primeiro mandato, o Governador Mauro Mendes também viu membros de seu governo discutir se o Mato Grosso deveria utilizar a tokenização da produção agrícola do estado para acelerar sua estratégia internacional. Ou seja, o estado tem acompanhado de perto as novas tecnologias, em busca de se tornar mais eficiente.

Estado apresentará solução com Inteligência Artificial em maior fórum de transformação digital do mundo
Outro projeto que está sendo implementado pelo Governo de Mato Grosso foi selecionado para a 24ª Conferência Internacional Anual sobre Pesquisa em Governo Digital, maior evento de transformação digital do mundo. A solução, criada pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), utiliza recursos de inteligência artificial para o cidadão mato-grossense ter uma recomendação personalizada de serviços, notícias e informações públicas.

De acordo com o titular da Seplag, Basílio Bezerra, a Pasta está acompanhando uma tendência mundial nos processos de comunicação e acesso à informação conforme as necessidades pessoais e sociais dos cidadãos.

“O empoderamento digital na construção de uma sociedade inclusiva e democrática é, sem dúvida, uma das principais demandas nesta era de serviços digitais, e o Governo vem estruturando projetos que demonstram como a tecnologia da informação pode melhorar de forma efetiva a relação do governo com a sociedade.”

Idealizado pelo secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas e analista de Tecnologia da Informação da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), Sandro Brandão, o projeto de pesquisa nasceu de sua dissertação de mestrado em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação, com o apoio do professor Dr. Josiel Figueiredo, da Universidade Federal de Mato Grosso.

“Além da publicação constante de notícias, decisões do Diário Oficial e documentos, hoje temos quase 600 serviços no portal oficial do Governo. Com uma infinidade de opções, o usuário enfrenta um paradoxo de escolha e isso causa frustração, ansiedade e insatisfação. A inteligência artificial foi a tecnologia adotada para implementar ferramentas de recomendação de serviços com base nas preferências, necessidades e características de cada cidadão, permitindo uma experiência diferenciada no acesso à informação e impedindo a monotonia e previsibilidade dos sistemas.”

A iniciativa também faz parte da Agenda Estratégica Digital de MT (2023-2027), que prevê diversas iniciativas para modernização da prestação de serviços públicos por meio de tecnologias, e será implementada na Plataforma de Governo Digital até 2024, com o objetivo de facilitar o relacionamento do Estado com o cidadão no ambiente virtual.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *